TCE-PB reprova contas de Cabedelo e Leto Viana terá que devolver mais de R$ 2 milhões por ‘servidores fantasmas’

O Pleno do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB) reprovou as contas de 2016 da Prefeitura de Cabedelo. Em julgamento, durante sessão ordinária híbrida, nesta quarta-feira (27), os conselheiros do TCE-PB decidiram que o ex-prefeito Leto Viana terá que devolver R$ 2.064.711,42.

A auditoria do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba apontou diversas irregularidades na gestão do ex-prefeito Leto Viana, que, inclusive, foi preso no âmbito da Operação Xeque-Mate, a qual investiga um complexo esquema de corrupção envolvendo a Prefeitura e a Câmara Municipal de Cabedelo.

Entre os apontamentos feitos pela Auditoria do TCE-PB, está o destaque para pagamentos a servidores não identificados, os considerados ‘fantasmas’, (proc. nº 05741/17). Da decisão de hoje do Tribunal de Contas cabe recurso.

O ClickPB disponibiliza o e-mail redacao@clickpb.com.br para obter a resposta do ex-prefeito.