Cabedelo está entre 27 cidades do país que terão R$ 7,3 milhões para obras de saneamento

A cidade de Cabedelo, na Região Metropolitana de João Pessoa, receberá recursos para a elaboração de projetos para a universalização do Sistema de Esgotamento Sanitário (SES) da área metropolitana.

Segundo o Ministério do Desenvolvimento Regional, a medida também deverá ser útil para as cidades de João Pessoa, Bayeux e Conde.

O município está entre 27 em 14 estados do Brasil que terão R$ 7,3 milhões para a continuidade de obras de saneamento. Cabedelo receberá R$ 1,8 milhão desses recursos.

Ainda conforme o governo, os empreendimentos são referentes a abastecimento de água, esgotamento sanitário, saneamento integrado e manejo de águas pluviais, além da elaboração de estudos e projetos.

Dados nacionais

A cidade de Goiânia, em Goiás, contará com R$ 1 milhão para a ampliação do Sistema de Esgotamento Sanitário (SES) do município. Já Águas Lindas de Goiás receberá R$ 533 mil para obras de saneamento integrado no Jardim América II, III, IV, V e VI, além do Parque das Águas Bonitas.

Luziânia, no mesmo estado, terá acesso a R$ 188 mil para intervenções de saneamento integrado e urbanização nos Parques Alvorada I, II e III e Parque JK. Já para o Novo Gama, foram repassados R$ 45 mil para obras de saneamento integrado da região Lunabel, que compreende os bairros de América do Sul, Alphaville Paiva e Lunabel 3C.

No Ceará, a capital Fortaleza receberá R$ 1 milhão para obras no sistema adutor e de reservação do Taquarão. Já para Cascavel, serão repassados R$ 271 mil para implantação da nova Estação de Tratamento de Água (ETA), readequação da captação no Açude Mal Cozinhado e adução de água bruta e tratada.

Para Viçosa do Ceará, serão repassados R$ 209 mil para a ampliação do SES na sede municipal. Já Sobral contará com R$ 151 mil para a ampliação do SES nos bairros Padre Ibiapina, Domingos Olimpio e Pedro Mendes Carneiro (Cohab III).

Para Botucatu, no estado de São Paulo, serão destinados R$ 976 mil para drenagem urbana sustentável nos córregos Lavapés, Água Fria, Cascata, Antártica e Tenente.

Em Pernambuco, o município de Olinda receberá R$ 670 mil para a ampliação do sistema de esgotamento sanitário da Bacia do Janga. Já Rondonópolis, no Mato Grosso, vai contar com R$ 550 mil para a ampliação do Sistema de Abastecimento de Água (SAA) na sede municipal.

Na Bahia, a capital Salvador receberá recursos para melhorias no SAA da cidade, na área de atendimento do reservatório R7 e R23. O valor é de R$ 424,5 mil.

Piripiri, no Piauí, contará com R$ 307 mil para a implantação do SES na sede municipal.

O município de Três Lagoas, no Mato Grosso do Sul, fará obras de ampliação da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Paraná. O repasse será de R$ 258 mil.

Para Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, serão repassados R$ 250 mil para a ampliação do sistema de macrodrenagem da Bacia do Arroio da Areia, com a implantação de reservatórios de detenção.

No Amapá, a capital Macapá terá R$ 248 mil para obras de saneamento integrado e urbanização da Orla do Aturiá e erradicação de palafitas.

Para Brasília, no Distrito Federal, serão repassados R$ 120 mil para a implantação de centro de reservação no SAA do Descoberto.

Barbacena, em Minas Gerais, terá R$ 55 mil para obras de ampliação do SES na sede municipal.

Já o município de Itapema, em Santa Catarina, contará com R$ 41 mil para a implantação de sistema de drenagem urbana em diversos bairros.