[TRANSMISSÃO AO VIVO] Tribunal do Júri julga acusados no assassinato de Expedito Pereira nesta quarta (06)

O juiz Marcos William de Oliveira, titular do 1º Tribunal do Júri da Comarca de João Pessoa, presidirá o julgamento popular dos dois homens acusados do homicídio do ex-prefeito de Bayeux, o médico Expedito Pereira de Souza. A sessão acontecerá nesta quinta-feira (7), e será transmitida, ao vivo, pelo Canal Oficial do Tribunal de Justiça da Paraíba no YouTube, por meio do link: https://youtu.be/w_Mowgwx1fE. Este é o segundo júri a ser transmitido em tempo real pelo TJPB.

Conforme a denúncia do Ministério Público estadual, José Ricardo Alves, sobrinho da vítima, foi acusado de ter arquitetado o crime, e Leon Nascimento dos Santos, de ter sido o executor. Também foi acusado pelo MP, Gean Carlos da Silva Nascimento, que está foragido. No entanto, o mesmo recorreu da decisão de pronúncia, e não será submetido ao julgamento desta quinta-feira.

“As transmissões dos júris pela internet são uma boa iniciativa para levar informação e dar uma resposta à sociedade sobre os julgamentos dos crimes cometidos contra a vida. Dessa forma, buscamos trazer uma maior aproximação do cidadão ao judiciário, este que é o juiz de fato nos julgamentos sob o rito do júri”, ressaltou o diretor do Fórum Criminal da Capital, juiz Geraldo Emílio Porto.

O diretor do Fórum comunica que a sessão será aberta ao público, porém, lembra a necessidade da utilização da máscara de proteção pessoal e apresentação da carteira de vacinação contra Covid-19 atualizada. O magistrado destacou, do mesmo modo, que para a sessão do júri serão distribuídas senhas aos que desejarem assistir, conforme a capacidade do plenário do 1º Tribunal do Júri.

Ainda, segundo a direção do Fórum Criminal, será permitido à imprensa, permanecer na sala de julgamento até o momento da leitura da denúncia. Por questão de segurança, após as 13h, não será permitido nenhum acesso ao local do júri.

TJPB