Doria avisa a aliados que pode desistir de concorrer à Presidência

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), disse a aliados que já desistiu de concorrer à Presidência da República e que sua decisão pode ser anunciada nesta quinta-feira (31). Doria passaria hoje o comando do governo estadual a seu vice, Rodrigo Garcia (PSDB), para concorrer ao cargo de presidente.

Segundo a Folha de S. Paulo, Doria se sente abandonado pelo partido e este seria o motivo de sua desistência. Ele ainda se mostra insatisfeito com a tentativa do governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, de sabotar sua candidatura para ser ele o presidenciável tucano. O anúncio de desistência pode ser, porém, uma tentativa de forçar a cúpula do PSDB a expressar apoio a seu nome.

O governador planeja apoiar Garcia para o governo do estado, abrindo mão da reeleição. Aliados ainda tentam demovê-lo da ideia. Garcia, por sua vez, se irritou com a decisão de Doria, já que agora ele não poderá assumir o controle do governo paulista.