Passagem de ônibus em Campina Grande passa para R$ 3,75 após retirada do bônus que duplicava tarifa

O preço cobrado pela passagem de ônibus em Campina Grande passou para R$ 3,75. A nova tarifa, que começa a valer na quarta-feira (2), foi definida na tarde desta segunda-feira (31), durante uma reunião entre membros do Conselho Municipal de Transporte Público e o prefeito da cidade, Bruno Cunha Lima.

O valor, que até a próxima terça (1º) é de R$ 3,90, foi reduzido porque o conselho aceitou a sugestão da prefeitura. A proposta pedia que o preço para a tarifa técnica fosse de R$ 4,30. Mas com a retirada do benefício da passagem em dobro, o subsídio seria transferido para a taxa pública cobrada aos passageiros, que baixou para R$ 3,75.

 

Mas, como haveria dificuldade por parte dos motoristas para a entrega de troco diante dos 77 centavos nos pagamentos feitos em espécie, o valor acabou sendo arredondado para R$ 3,75. A redução foi de 15 centavos.

Com a mudança, as pessoas com deficiência (PCDs) e seus acompanhantes também terão as passagens subsidiadas.

Entenda a mudança na prática

 

De acordo com o projeto do prefeito, a saída foi retirar o bônus que duplica a passagem comprada pelo usuário, que foi implementada na cidade por causa da pandemia, para que não houvesse um grande aumento no valor da passagem. Segundo ele, o bônus de duplicação só atinge 5% da população.

Na prática, os bônus acabam, e o valor do subsídio passado pela prefeitura às empresas de ônibus vai ser diluído para a diminuição geral do valor da passagem para o público.

O valor do subsídio – tratado como uma subvenção social ao sistema de transporte – que vai custear a redução está previso no orçamento do ano de 2022.

Novos ajustes

 

De acordo com o prefeito, se o número de passageiros voltar a subir – o que deve acontecer com o retorno das aulas presenciais em escolas e universidades – a prefeitura deve exigir do Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros (Sitrans) o retorno de alguns veículos para as ruas. Portanto, o replanejamento deve ocorrer conforme novas demandas surjam.