Vereadores de Lucena apresentam pedido para afastar prefeito Leo Bandeira após escândalo na vacinação de crianças contra Covid-19

Vereadores de Lucena apresentaram na Câmara Municipal, nesta segunda-feira (24), um pedido para afastar o prefeito Leo Bandeira do cargo. O requerimento foi apresentado ao presidente do Legislativo municipal após o escândalo na vacinação de crianças com doses de Covid-19 erradas, além da imunização de menores e adultos com doses vencidas no município.

“Vimos à presença da Vossa Excelência requerer a realização de sessão extraordinária, conforme estabelece o art. 119 do Regimento Interno da Câmara Municipal”, pedem os vereadores no requerimento.

Os parlamentares querem analisar o afastamento já na manhã da quarta-feira (26). “Desta feita, na presente sessão que fica marcada para o dia 26 de janeiro de 2022, às 10:00hs da manhã, será debatida a comissão processante para apuração dos fatos veiculados pela imprensa, Ministério Público Federal e Secretaria de Saúde do Estado da Paraíba, bem como o afastamento do Excelentíssimo Senhor Prefeito. O pedido de urgência baseia-se na gravidade dos fatos e principalmente o interesse público”, diz o documento.

Assinaram o pedido os vereadores Jair das Chagas Silva, Francisco dos Santos, Ângelo Inácio Canuto, Alecsandro Targino de Brito, Arnóbio Menezes Franco, Severino Amâncio Barbosa, Josefa dos Santos  Silva e Andreia da Silva Costa.

Confira o documento na íntegra