Aferição de temperatura em estabelecimentos não será mais obrigada, diz SES

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) divulgou uma nota técnica, nesta terça-feira (14), em que dispensa a obrigatoriedade de aferição de temperatura corporal em estabelecimentos públicos e privados.

A alegação é de que, entre outras razões, nem todos os infectados com Covid-19 manifestam febre e que a transmissão pode ocorrer mesmo sem o aparecimento de sinais e sintomas.

O secretário executivo da Saúde da Paraíba, Daniel Beltrammi, a aferição da temperatura corporal como forma de triagem tem pouca efetividade no atual contexto de pandemia. Ele explica que indivíduos que não apresentam febre, durante período de incubação da Covid-19, ou fazendo uso de antitérmicos, podem não ser detectados por meio desta medida, além do cenário de redução de número de casos sintomáticos em função da crescente cobertura vacinal na Paraíba.

“É relevante lembrar que as demais medidas definidas em decretos, notas técnicas e protocolos estaduais devem ser continuamente e ininterruptamente executadas. Testagem nos sintomáticos, o uso constante de máscaras, evitar aglomerações e a busca ativa dos não vacinados são medidas extremamente importantes para conter o coronavírus”, pontua.