Democracia Cristã referenda o nome de Eymael como opção para a terceira via

“O Democracia Cristã se apresenta como uma opção de candidatura de terceira via para livrar o Brasil dessa polarização que tem emperrado o desenvolvimento do país”. A declaração é do presidente do diretório do Democracia Cristã do Distrito Federal e pré candidato ao GDG, professor Lucas Salles, ao confirmar que a legenda referendou, à unanimidade, o nome de José Maria Eymael como pré-candidato a presidente da República, no 23º Encontro Nacional de Presidentes Estaduais e 11° Encontro Nacional de Presidentes da Democracia Cristã Mulher, ocorridos em São Paulo.

 

A trajetória política de José Maria Eymael se confunde com a assunção da Constituição de 1988, chamada de ‘Constituição Cidadã’, por representar a mais ampla Carta Magna de todos os tempos, em termos de garantia de direitos de todos os cidadãos e cidadãs brasileiros. Presidente nacional do DC, Eymael foi um dos constituintes mais operosos na formatação do conjunto de leis que deram perfil democrático e ético à nossa Constituição.

 

Graduado em Direito e Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS), Eymael foi considerado, em 1988, um dos 12 deputados federais mais influentes do Congresso Nacional, em lista elaborada pelo Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap).

 

E após a conclusão da Assembleia Constituinte, ficou entre os 15 parlamentares que mais aprovaram propostas para a Constituição: ao todo foram 145. Entre as mais importantes, destacam-se o aviso prévio de 30 dias para todos os trabalhadores; a redução da jornada semanal de trabalho (de 48 para 44 horas); a obrigatoriedade da União, estados e municípios publicarem, até o dia 30 de cada mês, os recursos arrecadados em impostos no mês anterior, de modo a dar mais transparência às receitas públicas; a manutenção do nome de Deus no preâmbulo da Constituição, e o artigo 180 da Constituição, que estabelece a obrigatoriedade de a União, os estados e municípios incentivarem o turismo como fator de desenvolvimento econômico e social.

 

Ficou acordado também que o Distrito Federal e outros estados terão candidatura própria a governador.

 

No evento partidário de São Paulo, o presidente José Maria Eymael deu o tom da atuação do DC nas eleições do próximo ano: “É avançar! Avançar com a esperança dos que sonham, a coragem dos que enfrentam e a garra dos que vencem!”.