Primeiro caso de brasileiro infectado com variante Ômicron é confirmado pela Anvisa

epa09607167 Travellers with protective masks wait at the airport in Munich, Germany, 27 November 2021. The spread of a new potentially more dangerous variant of coronavirus, the B.1.1.529 Coronavirus variant Omicron, in southern Africa has caused international concern. Experts fear that it could be highly contagious because of an unusually large number of mutations and could also penetrate the protective shield of vaccines more easily. Many countries placed travel ban on flights to and from Southern African countries. EPA/PHILIPP GUELLAND

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou neste domingo (28) que identificou o primeiro caso positivo de Covid-19 em um passageiro brasileiro com passagem pela África do Sul, que desembarcou em Guarulhos (SP), no sábado (27). Segundo a Anvisa, não há confirmação se o caso é da variante Ômicron. O paciente, que já está em isolamento, foi vacinado contra a Covid-19. A informação é da CNN Brasil.

O passageiro chegou a apresentar o teste RT-PCR negativo (exigido pelas autoridades brasileiras com 72h antes do embarque no país de origem), mas ao chegar em São Paulo realizou novo teste, positivando para Covid-19.

Em nota, a Anvisa informou que “após a identificação e testagem com resultado positivo para Covid-19, o paciente foi colocado em isolamento e já cumpre quarentena residencial. Os órgãos de saúde estadual e municipal passam a fazer o monitoramento do caso. O Ministério da Saúde acompanha o caso”.

Na sexta-feira (26) a Anvisa recomendou a restrição de voos e viajantes vindos da África do sul, Botswana, Eswatini, Lesoto, Namíbia e Zimbábue, após a detecção de uma nova variante do coronavírus na África do Sul, informou o órgão regulador em nota.

O Brasil proibiu, neste sábado, voos com destino ao país que tenham origem ou passagem pelos seis países recomendados pela Anvisa inicialmente.

A nova variante já foi detectada em 12 países:.

África do Sul: 77 casos na Província de Gauteng

Holanda: 13 casos foram detectados entre 61 passageiros que desembarcaram em Amsterdã vindos da África do Sul

Austrália: Dois casos de passageiros vacinados que voltaram do sul da África para Sydney

República Tcheca: Um caso em uma mulher foi confirmado pelo hospital da cidade de Liberec, no norte do país

Botsuana: Quatro casos Hong Kong: Uma pessoa que viajou à África do Sul

Reino Unido: Três casos, relacionados a viagens ao sul da África Israel: Um caso de uma pessoa que chegou do Malauí

Alemanha: Dois casos na Baviera; ambos foram registrados em viajantes que chegaram da África do Sul

Bélgica: Um caso em uma pessoa não vacinada

Dinamarca: Dois casos de pessoas em voos provenientes do sul da África

Itália: Um caso na região de Nápoles, num homem que havia retornado de Moçambique.