Julian Lemos faz críticas a Bolsonaro e questiona qualificação do presidente: ‘Não chega nem perto de Sergio Moro’

“O presidente Jair Bolsonaro não chega nem perto da qualificação de Sergio Moro”. Essa foi a avaliação feita pelo deputado federal Julian Lemos (PSL-PB) na noite desta segunda-feira (22), durante entrevista ao programa Frente a Frente, da TV Arapuan, quando questionado sobre os estilos dos dois presidenciáveis na disputa de 2022.

De acordo com Julian Lemos, Bolsonaro era um homem de frases de efeito e que não gosta de ler, diferentemente de Moro, que é um estudioso e muito inteligente. “Bolsonaro ficava repetindo algumas coisas, entre elas, a questão do armamento e que o Brasil não poderia virar uma Venezuela, mas foi o pior presidente da história para a segurança pública, pode perguntar aos policiais”, criticou.

Apesar de deixar claro suas críticas e o posicionamento contrário à forma de fazer política do Partido dos Trabalhadores (PT), o parlamentar lembrou que na época que o partido governava o país pelo menos o setor tinha alguma condição melhor. “Hoje o policial não tem o que comemorar”, arrematou.