Águas do Eixo Norte da Transposição devem chegar nesta quinta-feira em São José de Piranhas, na Paraíba

As obras do Eixo Norte da Transposição do Rio São Francisco serão entregues nesta quinta-feira (21), pelo presidente Jair Bolsonaro, na cidade de São José de Piranhas. O último trecho de canal do Projeto de Integração tem oito quilômetros de extensão, entre os reservatórios Caiçara, em São José de Piranhas, e Avidos, em Cajazeiras (PB). O investimento federal na estrutura foi R$ 49,7 milhões.

Com isso, após 13 anos desde o início do empreendimento, as obras físicas necessárias para garantir o caminho das águas dos dois eixos (Leste e Norte) estão concluídas. O ministro Rogério Marinho também deve participar do evento.

Dividida em dois eixos (Leste e Norte), a transposição capta água no Rio São Francisco – um dos mais importantes do Brasil – e a transporta por meio de túneis, adutoras, estações de bombeamento e barragens para bacias hidrográficas do Ceará, da Paraíba, de Pernambuco e do Rio Grande do Norte.

No Eixo Norte, com 260 km de extensão, o empreendimento tem início em Cabrobó (PE) e passa por Salgueiro, Terranova, Verdejante (PE), Penaforte, Jati, Brejo Santo, Mauriti, Barro (CE), São José de Piranhas, Monte Horebe e Cajazeiras (PB). Já o Eixo Leste, com 217 km, atravessa as cidades de Floresta, Custódia, Betânia, Sertânia (PE) e Monteiro (PB). O Eixo Leste está em funcionamento e já abastece 1,4 milhão de pessoas em 46 municípios da Paraíba e de Pernambuco.

A previsão é de que com a conclusão da maior obra hídrica brasileira, o abastecimento de 12 milhões de habitantes nos estados do Ceará, Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte seja garantido. Além do abastecimento, a geração de emprego e renda, e promoção da inclusão social fazem parte da iniciativa.