Geraldo Medeiros lamenta recorde de internações e alerta para novo perfil de pacientes na Paraíba

O secretário da Saúde Geraldo Medeiros lamentou mais um triste recorde alcançado pela Paraíba nesta quinta-feira (20), que registra maior número de pacientes internados por covid-19 em 24 horas desde o início da pandemia. De acordo com o Centro estadual de regulação hospitalar da Secretaria de Estado da Saúde, 109 pacientes foram internados nas ultimas 24h. Ao todo, 920 pacientes estão internados nas unidades de referência.

“É uma triste realidade que esta evidenciada nos números nós temos hoje, com 920 pessoas internadas em unidades de referência covid-19 no estado, e culminado com o recorde de 109 paraibanos internados as últimas 24 horas. Isso mostra que estamos em níveis preocupantes”, disse Medeiros em entrevista à rádio Arapuan FM.

O secretário afirmou que o perfil dos pacientes internados têm se modificado com o decorrer da pandemia e o avanço da vacinação na Paraíba. De acordo com Medeiros, os idosos não estão mais entre os pacientes que ocupam os leitos de UTI e enfermaria Covid-19.

“É um novo perfil de pacientes, acima de 35 anos e abaixo de 60 anos. Essa é a população que aglomerou no dia das mães, que foi as festas, bares, shows, que não respeitou o distanciamento. No início e ate no meio da pandemia nos tínhamos pessoas acima de 60 anos, internadas nas enfermarias e UTIs, hoje temos um perfil de pacientes jovens”, declarou.

Geraldo Medeiros atribuiu essa mudança de perfil de pacientes à vacinação do grupo dos idosos e a eficácia das vacinas aplicadas no Brasil dentro do Plano Nacional de Imunização.

“Hoje temos quase 100 % dos idosos vacinados na Paraíba. Isso mostra a eficácia e a segurança das nossas três vacinas em aplicação no país. Por isso as pessoas devem ser vacinar quando forem convocadas. E é extremamente necessário que as pessoas respeitem o distanciamento de no mínimo 1,5 metros entre as outras”, ressaltou.

Medeiros disse ainda que a Paraíba deve receber um novo lote de vacinas da Pfizer neste fim de semana. Segundo o secretário, a SES-PB espera receber de 12 a 13 mil doses do imunizante no próximo sábado (22).